The revolution will not be televised

 

Noite de 22 de novembro.

 

5 minutos.

Lugar certo, na hora errada…?

“Vai bater em mulher? Vai bater em mulher?!”

“Vou! Vou bater em mulher!!!”

Poderia ter sido eu; eu também estava no caminho. Poderia ter sido a minha irmã, a professora, a outra menina… Mas foi ela.

Fomos todas nós.

Ele não bateu nela, mas, de alguma forma, ela foi bastante agredida.

E nós todas também.

Eles nos agrediram; a nós todos. Também.

Isso tudo ainda me angustia muito, e eu não sei se vai passar. As noites tem sido mais mal dormidas que o “comum”.

 

A vida é mesmo feita de momentos. E esse vai ficar gravado na nossa memória, pra sempre.

Eu não vou esquecer — e nem quero.

(Firme!)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s