Fragmento 1 – Limites

 

22:22, Qua 27/08/2014

Com os olhos marejados e um leve tremor no lábio inferior, ela parou na minha frente. Com o pé pequeno ela traçou uma linha na terra, e me disse, em tom cansado: “É isso. Este é o meu limite. Daqui eu não passo. Eu não consigo passar daqui”.

Eu podia ver, nas gotas de sal que ela insistia em segurar, o quanto lhe doía dizer aquilo, e o quanto aquilo devia vir lhe torturando e lhe cozinhando os miolos.

Meu queixo caiu por um momento, e a má escolha das palavras, somada ao tom da minha voz, evidenciou a descrença e a irritação que me fizeram explodir de dentro pra fora: “E você quer fazer o quê?! Quer sentar aqui, e ver o dia virar noite, e depois dia novamente? Quer parar pra observar as unhas crescerem, as rugas surgirem, os cabelos nascerem brancos, e as juntas enferrujarem? Quer ver a vida pulsando ao teu redor, em eterno movimento, enquanto você fica sentada aqui? É isso que você quer?!”.

 A resposta dela me queimou, como se as palavras saíssem de sua boca feito uma erupção – me perdoa, meu pequeno vulcão; fui leviano ao não reconhecer toda a força da tua natureza: “e que mal há nisso?! Que mal há em ser humilde, admirar a beleza as vezes silenciosa da vida, e se misturar á ela? Por que passar o resto dessa vida maldita e imunda correndo de beco em beco, se temos alguma chance de sermos felizes assim e aqui? Você sabe tão bem quanto eu que só fica satisfeito enquanto sente o ar de novidade. Mas logo que você se acostuma, a ansiedade começa a te devorar as vísceras, e você sente um novo comichão que te faz querer partir. Até hoje não entendo como não deixou de mim! Não seja tão cínico; se há alguém que te conhece até de ponta-cabeça, essa pessoa sou eu”.

E é mesmo, admito.

Mas naquela hora eu não soube o que fazer. Eu só sabia que (pelo menos achava que) gostava imensamente dela.

Mas era isso o bastante?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s