Menina

“Menina, qual seu telefone?
Eu não sei nem mesmo o seu nome
E não faço ideia do que vou dizer…

Me sinto assim num mar deserto
Onde ninguém nem mesmo chega perto.
E eu vou gritar e ninguém vai nem me ouvir!

Chega pra cá, não diga não,
Venha que tudo tem solução

(…) Eu quero me jogar, eu quero me estrepar,
Não quero mais sofrer de amor…”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s